segunda-feira, 29 de junho de 2015

DESCONTRAIR: Qual especialização escolher?

Postado por Bruno Azzevedo às 16:59 0 comentários
Um grupo de médicos, em um raro momento de ócio, sai para caçar.
O Dermatologista perguntou: Estão levando Filtro solar? Chapéu? Fiquem debaixo das árvores! Cuidado, o sol pode ser pior do que qualquer animal selvagem!
Todos respondem que sim mas só o Pediatra leva e ainda acrescenta: estou trazendo também repelentezinho contra as picadinhas dos insetinhos!
O anestesista avalia o clima:
- Não sei não, hein, dizem que aqui chove à partir de outubro e como já é julho, acho que vai chover, o clima está esquisito, está ventando muito. Acho melhor suspendermos a caçada...
O cirurgião retruca:
- Parem de frescura! Vamos logo e seja o que Deus quiser! Bora!
O radiologista, muito pensativo:
- Vão vocês. Está muito calor, vou ficar aqui no carro que tem ar condicionado. Me tragam a foto do animal que eu verifico se vale a pena abater.
Após 1h de caminhada mata adentro, o clínico visualiza uma presa:
- Aparentemente pode ser um mamífero, uma ave ou um réptil. Fiquem em silêncio para eu auscultar os ruídos produzidos por ele. Parece ser uma capivara mas pode ser uma paca, um porco do mato ou um tatu. Vamos observar o modo como se desloca... Sim, parece realmente ser capivara. Mas vamos analisar os hábitos alimentares. Agora parece ser paca ou uma galinha.
E o gineco-obstetra diz: - pelo cheiro parece ser fêmea e estar prenha.
O pediatra horrorizado comenta: - vocês vão maltratar um animalzinho que está com um bebezinho na sua barriguinha?
O homeopata disse: - Deixa o mamífero comigo. Pegou um pedaço de projétil, diluiu em 1 milhão de vezes, pegou uma gota, diluiu em 1 milhão de vezes. Então atirou 1 gota dessa poderosa solução no animal! Resultado: Nada aconteceu.
O ortopedista, armado apenas com uma lança e vestindo apenas uma tanga de pele de mamute, questiona:
- O que é mamífero?
A segunda tentativa de matar o animal foi do médico de família que, após perceber que não tinha nenhuma arma e que nem saberia usar alguma, encaminhou para seus colegas especialistas.
O cirurgião, agoniado com tanta ensebação, adianta-se e descarrega seu rifle, alvejando o mamífero em questão, resolve o problema e retruca: - resolvemos o problema. É uma paca, mas tanto faz o que é, manda pro patologista que ele descobre os detalhes da espécie.
O cubano sem saber o que fazer ou o que falar e percebendo que ninguém estava olhando, fugiu.
O acadêmico de medicina que acompanhava o grupo, diz: uai que tiro certeiro e pergunta:
- Morreu? Posso intubar?
O laudo do patologista chegou 6 meses depois:
Conclusão: Provável origem animal. Favor correlacionar com os dados clínicos.
Descontraindo!

sábado, 7 de março de 2015

Obrigado por nos vistar! Reflexão: Quais são suas escolhas?

Postado por Bruno Azzevedo às 23:02 0 comentários
instagram|@brunoazzevedosd
Bom dia galera, tudo bem? Antes de qualquer coisa, gostaria de agradecer imensamente TANTAS visitas recebidas. Nesse mês ultrapassamos as 1000 visualizações com poucos meses de existência! Estou muito feliz com tudo isso e queria agradecer de coração a todos que estão apoiando, curtindo, lendo os textos e muito mais. Obrigado!

 E também pedir perdão pela demora de postar, to sem tempo e uma correria sem fim, estudo inglês, estou malhando, faço curso fora da faculdade, tenho MIU, e ainda estudar em casa, mas vou fazer o possível pra postar com mais frequência ;). Como qualquer estudante de medicina termino de estudar hoje pelas 04:00 da madrugada, e pra descansar e estres um pouco resolvi passar aqui e fazer uma postagem. 


Primeiramente quero dizer que sou muito grato à Deus por tudo que tenho vivido, esse sonho, até mesmo os momentos não taos bons, são esses momentos e essas consequecias de escolhas erradas que fazemos nos faz crescer com mais sabedoria e experiencia, por isso desistir e abaixar a cabeca nunca! Bom, tenho vivido momentos incriveis nessa vida universitária como intercambista, conhecido muita gente bacana de varias partes do mundo, e tentando aprender um pouco da cultura de cada. O espanhol já esta fluente, por sorte, e isso me ajudou bastante, estou um passo a frente hahahaha. Falta pouco pra comecar as tutorias do curso, e estou me preparando bastante pra isso, estamos a full como se diz aqui. 

 Hoje a minha postagem é uma reflexão, e a pergunta que faco nessa madrugada é, o que você tem decidido pra sua vida? Nossa vida é feita de escolhas, quais são as suas? Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das consequências, escolher é algo perigoso; quando escolhemos, temos que abrir mão de todas as outras possibilidades, na nossa vida vivemos diaramente com a escolha, e o nosso futuro depende disso, carreira a seguir, onde viver, o que fazer, dizer sim ou nao? Você escolhe aceitar ou não, ser responsável ou não, revidar ou não, comprometer-se ou não, mudar ou não, resistir ou não. Se fizermos escolhas certas, certamente conquistaremos nossos objetivos.Mas como se sabe qual é a escolha certa, principalmente em momentos críticos, tenebrosos onde tudo parece tão obscuro? O maior dom do ser humano é a liberdade para fazer escolhas. E principalmente, na escolha daquelas pessoas que estraram em sua vida, seus amigos, pessoas que tem o poder de influenciar no momento em que você esta forte e "quase influenciável". No processo de escolhas, existem três tipos de pessoas. 
As “pessoas do ontem” que escolhem se lamentar sobre o que passou, tentando modificar o que não pode ser mudado, como se fosse possível viajar na máquina do tempo e não aproveitando as coisas boas do presente. As “pessoas do amanhã” que são exclusivamente voltadas para o futuro sem viver o presente, com escolhas ilusórias, decisões instáveis, se preocupando com problemas que nunca acontecerão e sempre sonhando com os olhos fechados. As “pessoas do hoje” que são centradas na realidade e desfrutam verdadeiramente cada momento, pesando suas escolhas com sabedoria, um olho no passado para não repetir os mesmos erros e outro no futuro provável procurando escolher certo no presente. 


 Escolha: beber até cair ou virar vegetariano e budista? Todas as alternativas são válidas, mas há um preço a pagar por elas. 

 Quem dera pudéssemos ser uma pessoa diferente a cada 6 meses, ser casados de segunda a sexta e solteiros nos finais de semana, ter filhos quando se está bem-disposto e não tê-los quando se está cansado. Por isso é tão importante o auto conhecimento. Por isso é necessário ler muito, ouvir os outros, estagiar em várias tribos, prestar atenção ao que acontece em volta e não cultivar preconceitos. Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é. Lógico que se deve reavaliar decisões e trocar de caminho: Ninguém é o mesmo para sempre. Já pensou o que você vai dizer pra você mesmo quando chegar no futuro? Será que vai gostar do resultado da vida que planejou? Será que vai ficar feliz com o que conquistou? A vida é feita de escolhas e elas podem determinar como vai ser o seu amanhã. Por isso, é tão importante pensar em tudo que faz. Se demita da mesmice, da preguiça, da má vontade, dos erros, 
Se valorize, se elogie, se critique. 
Faça isso ou alguém irá fazer por você. 
A sua imagem amanhã é o que você fez ontem. 
E lembre-se: Cada ruga criada ao longo da sua vida pode significar uma conquista ou uma derrota. 


Mas isso, só você pode escolher. A certa altura do filme Crimes e Pecados, o personagem interpretado por Woody Allen diz: "Nós somos a soma das nossas decisões"

sábado, 20 de dezembro de 2014

Enfim, cheguei a Argentina!

Postado por Bruno Azzevedo às 16:09 0 comentários
Boa noite, tudo bem? Pois é, depois de uma certa demora estou de volta. Essa demora ocorreu pela adaptação e as longas horas de estudo, mas enfim, cheguei Argentina ;)

****************************************************************************


Cheguei aqui na Argentina no dia 27/11, sai da cidade de Goiânia com uma conexão no aeroporto de Guarulhos - São Paulo com destino a Rosário - Santa fé. 

Tirando a parte da despedida foi tudo ótimo graças à Deus, a viagem foi bem tranquila e um pouco cansativa. A cidade é realmente linda, excelente, o povo é cativante e muito educado, antes de vir eu escutava boatos: Cuidado, Argentinos não gostam de Brasileros. Isso é mito, e olha que conheço muitos Argentinos, nenhum nunca citou nada contra o Brasil ou Brasileiros, muito pelo o contrario eles amam o Brasil.

A demora ocorreu um pouco pelo motivo de eu não ter trago meu netbook, então to aqui postando pelo notbook da Débora que também posta aqui no blog.



A faculdade é extremamente linda, alèm do ensino ser totalmente diferente do ensino que somos acostumados no Brasil, trabalhamos com o PBL, um aprendizado baseado em caso problemas dos pacientes, màs depois eu posto aqui no blog somente sobre isso. Estamos no Modulo de Inclusion Universitaria, e nesse modulo precisamos acompanhar um mèdico por 16hrs, 4 dias com 4 hrs acompanhando o mèdico, logo apos começamos a nossa primeira área do do curso que se chama Crecimiento y Desarrollo.

Mas também tem a parte não tão boa, uma delas è que aqui entra em um Boliche que são as bates Argentinas com no minimo 24 anos de idade :/ ontem mesmo rodei a cidade toda tentando entrar em algum e nenhum me deixou entrar kkkkkk, mas isso não é problema fazemls muitos churrasco, salmos bastante pra barzinho e já consegui entrar em boliches aqui, Brasileiro sempre da um jeito. 


É isso galera, to sem tempo pra postar mas ao passar do tempo vou acrescentando mais coisas aqui nessa mesma postagem, porque estou saindo agora e to sem tempo, um beijo, um abraço e fiquem com Deus. Há e perdão pelos erros é que meu corretor está em espanhol hahaha

@brunoazzevedosd

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Med 2015 \Õ/ ~ Apresentação

Postado por Débora Camilo às 06:21 0 comentários
Oioi galerinha, haha. Eu sou a Débora, blogueira aqui no Avanza Medicina. O Bruno já fez um post aqui, se apresentando, agora é minha vez.

Sou blogueira desde 2011. Mas é a primeira vez que escrevo sobre Medicina.

 Medicina é uma das muitas paixões que tenho, embora eu tenha demorado um pouco para perceber que esse seria o rumo à tomar. Não posso dizer que sonhava em ser Médica desde pequena, passei por muitas fases, pensei em Direito, Moda, Odontologia, Jornalismo e até Gastronomia. Mas quando cheguei no 2º ano do Ensino Médio, percebi que Medicina falava mais alto, e resolvi que salvar vidas era o que eu queria fazer pelo resto da minha vida.

Conclui o ensino médio, aos 16 anos. Tentei o primeiro vestibular no final de 2012 em uma faculdade particular, 50 vagas para 3.500 inscritos. Não fui aprovada. Para não ficar parada resolvi fazer Enfermagem, o que ampliou muito o meu conhecimento enquanto continuava estudando para o próximo vestibular. Que aliás, eu não cheguei à fazer. Eu já havia pensado em Cursar na Argentina muito antes, mas o medo da distância fez com que eu me contesse.

Assim como para os inúmeros brasileiros que hoje partem para a Argentina para realizar o sonho de ser Médico, a comodidade falou mais alto: Ensino de qualidade em uma universidade nacional, contra, os altíssimos valores das mensalidades do curso no país inteiro, muitas vezes chegando à absurdos R$ 6 mil.

Então, Bruno e eu partimos nessa trajetória em busca do diploma médico na terra dos nossos hermanos. E criamos esse blog para dividir com vocês nossos conhecimentos, informações e experiências. Aqui falaremos da escolha da faculdade, vida na Argentina, à correria da Medicina.  Entrem em contato conosco através dos comentários. Dúvidas e Sugestões serão muito bem vindas.

Bem Vindos ao Avanza Medicina.
@debbieacastro


terça-feira, 11 de novembro de 2014

Chegamos! Somos o Avanza Medicina ;)

Postado por Bruno Azzevedo às 08:42 0 comentários

Eu sou o Bruno, e essa ao meu lado é a Débora, que também é blogueira aqui hahaha.
Criamos o blog com intuito de mostrar um pouco do dia-a-dia de um estudante de medicina em  uma universidade do método PBL (Baseado em problemas).

Nascido e criado na cidade de Niquelândia - Goiás, infância cheia de arvores e rios, estudei em Niquelândia do ensino fundamental até o segundo ano do ensino médio, aos 17 anos me mudei para Goiânia, onde conclui terceiro ano. Decidi fazer o terceirão (Ensino médio e cursinho pré-vestibular) lá, para me preparar melhor, como não tinha planos em estudar no Brasil  nunca prestei vestibular no meu país, e sempre tive foco na Argentina. Então consegui convencer minha mãe e à ingressar na Facultad de Ciencias Médicas de la Universidad Nacional de Rosario

Goiânia vai me deixar saudades, foi onde vivi os melhores momentos da minha vida, conheci pessoas incríveis que eu carrego pra sempre comigo, e sou muito agradecido por essa cidade ter me acolhido tão bem.   

Aqui no blog vamos dividir um pouco do nosso sonho sendo realizado, um pouco das noites em claro, um pouco de duvidas, medos e ansiedades hahahahaha.
Você também pode me seguir no instagram | @brunoazzevedosd.
É isso galera, sejam bem-vindos ao Avanza Medicina! 

 

Avanza Medicina - Diário de um estudante de medicina! Copyright © 2011 Design by Ipietoon Avanza Medicina | instagram